No RITMO DO TIC TAC

Estava analisando ontem e percebi que essa nova geração não trabalha mais por prazer e sim, em função do relógio. Uma boa ideia é facilmente deixada de lado ao som da primeira badalada do cuco. Não existe mais o amor pelo cliente ou campanha, o mais importante é desligar o computador e bater em retirada […]